Destaque

Lugar de mulher é onde ela quiser

Lugar de mulher é onde ela quiser

Diversos tabus e interpretações equivocadas envolvem a questão do feminismo. Uma reivindicação por direitos que foi transformada em um bicho de sete cabeças e aterroriza muita gente desinformada… É por essas e outras razões que o empoderamento feminino é tão importante.

As questões de gênero têm sido cada vez mais discutidas atualmente – e ainda bem! Não dá pra simplesmente ignorarmos o fato de que as mulheres:

  1. Ainda sofrem com o machismo de cada dia, são cobradas a todo instante e andam com medo de assédio;
  2. Recebem menos que os homens, ainda que tenham a mesma qualificação e ocupem o mesmo cargo;
  3. Não têm acesso aos mesmos direitos que os homens.

Mas não dá pra falar em empoderamento sem antes entender as reivindicações das mulheres. Muita gente (e não apenas os homens! Tem mulher que não se identifica com o feminismo por falta de informação) pensam que o movimento feminista busca privilégios, quando, na verdade, é sobre igualdade de direitos.

Vale mencionar que não existe UM feminismo: são feminismos, no plural, como o feminismo negro, o feminismo interseccional, entre outros – mas esse tema merece um estudo bem mais detalhado, ok? 😉

Apesar das particularidades de cada feminismo, uma coisa é certa: todas as mulheres buscam o seu lugar ao sol. Toda mulher deve ter o direito de andar livre e ser quem ela bem quiser.

Ter essa consciência e buscar ações que fortaleçam as mulheres é o empoderamento feminino. É uma forma de despertar, um tipo de engajamento necessário. Ser uma mulher empoderada é reconhecer a opressão que sofre e buscar formas de mudar esse cenário, além de empoderar as mulheres ao seu redor.

Dica de Leitura: “Para Educar Crianças Feministas”

Em uma sociedade patriarcal como a nossa, é difícil se desvencilhar de velhos pensamentos. Muitas vezes estamos tão acostumados que nem percebemos situações de machismo, até mesmo quando dizemos que uma mulher sempre dá conta de tudo (como se esse desgaste fosse da natureza feminina). Por isso é tão importante educar as novas gerações e dar um novo exemplo.

Chimamanda Ngozi Adichie, feminista e escritora nigeriana, fala sobre tema da igualdade de gêneros neste manifesto com quinze sugestões de como criar filhos dentro de uma perspectiva feminista. Leitura rápida que vale a pena!

Falando em leitura, sempre vale se inspirar com o que mulheres que marcaram a história disseram, né? Confira: 10 frases inspiradoras de grandes mulheres.

infográfico situações de machismo

Em um mundo ideal, o empoderamento não seria necessário. Todos viveriam em equilíbrio, mulheres não precisariam lutar por reconhecimento, oportunidades, voz, autoestima… O direito de andar na rua tranquila, sem medo. Mas, como sabemos que essa não é a situação real, o empoderamento é essencial na vida de todas.

Não é sobre colocar a carreira em primeiro lugar – se o seu objetivo é casar e ter filhos, tudo bem! O importante é garantir que toda mulher possa ser o que ela quiser!

Uma mulher incrível que fala muito sobre o tema é a Ruth Manus. Ela é advogada, professora universitária, speaker da Insperiência, blogueira (tem as melhores legendas do Instagram, inclusive) e colunista da revista Glamour. UFA! Que mulher. 

Dia 8 de novembro ela lança seu mais novo livro “Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas”, com uma pocket palestra em SP, no Teatro Opus (Shopping Villa-Lobos). Os ingressos para o evento já estão a venda. Clique aqui e garanta o seu lugar.

Sabemos que o empoderamento é um processo contínuo, uma mudança de cultura importante para todos. No entanto, através de algumas atitudes simples conseguimos nos aproximar ainda mais desse propósito.
Clique aqui e descubra como ser uma mulher mais empoderada (e ajudar as mulheres à sua volta)

1 comment

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *